Escola das Artes promove sessões de cinema

A Escola das Artes acolhe, a partir de junho, a programação do Cinema Círculo, um ciclo de cinema independente que visa promover sessões de longa-duração. A primeira sessão acontece a 29 de junho, sábado, a partir das 11h da manhã, e será exibida uma filmografia selecionada da obra do etnomusicólogo Michel Giacometti, “Povo que Canta 1971-1973”. A entrada é gratuita.

O Cinema O (círculo) pretende mostrar obras, formatos e geografias que se encontram sub-representadas no atual sistema de distribuição e salas de cinema lisboetas. Um cinema que, por uma razão ou outra, se encontra nas margens, sem espaço, fora de uma lógica comercial que não vise o lucro, mas que procure a reflexão, o debate e o pensamento crítico.

Neste primeiro ano de programação, o Cinema O quer focar-se no slow cinema, especialmente nos seus exemplares mais longos. Filmes que, por uma questão logística relacionada com a sua duração não dispõem de oportunidades de serem vistos na sua totalidade em sala em sessões únicas. Em termos práticos, este ano programático será dividido em dois ciclos.

No primeiro, o destaque vai para as obras de artistas ou coletivos que sejam ao mesmo tempo longas, mas possíveis de segmentar. Seguirá uma lógica de “episódios”, com intervalos pré-estabelecidos, para que os espectadores possam entrar e sair da sala livremente, sem perder a ideia de unidade.

Mais Notícias
Escola das Artes apresenta novo clube de leitura

Escola das Artes apresenta novo clube de leitura

O Aleph é o novo clube de leitura da Escola das Artes da Universidade Autónoma de Lisboa. Dedicado à comunidade académica, com especial enfoque nos estudantes, o Aleph pretende ser um espaço informal de reflexão, de livre debate de ideias e de fomentação do pensamento...